O VENTO

O vento no rosto e os pés gelados, as mãos nos bolsos e os olhos fechados, dias longos e noites intermináveis, um chocolate pra aquecer o corpo, na ausência das luvas e do conforto os dedos se fecham em torno do copo em tom de alívio

Um comentário:

Binha disse...

esse moço aí está muito feliz pra quem está com frio... eu faço caretas qd estou com frio e manha também...rs... =]